quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Deus e o diabo

Não existe, nunca existiu e nem existirá uma luta épica entre Deus e o diabo. Satanáz sempre soube sua posição de submissão diante de Deus Pai e em nenhum momento enfrenta de frente sua autoridade e poder. Basta vermos o desespero dos demônios ao encontrarem Jesus: "Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?" Mt.8:29.

A equação é simples: só existem trevas onde falta luz; na mínima incidência de iluminação as trevas não permanecem. Portanto o importante não é a quantidade de demônios que achamos que está perto de nós, nos outros, ou em alguns lugares, mas sim a quantidade da graça do Pai que há em nós. Onde há luz... as trevas não permanecem, onde não há, o que acontece?

"Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus. Acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouroE sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, Que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos." Ef.1:20-23

Um comentário:

  1. Opa,Marcos! Rapaz,adorei o "filho imperfeito". é do tipo de blog que um filho imperfeito como eu gosta de ler. ah,e sobre seu pedido de ajuda,confesso pra ti que nem eu sei,pedi pra um rapaz fazer pra mim,rsrsrs.Continua assim Marcão,seu blog será fruto de ajuda e reflexão pra muita gente! Abração Thyêgo Militão

    ResponderExcluir

Gostou? Comente!
Não gostou? Comente também!