Igreja nos lares?

Existe um movimento crescente de pessoas que deixam as congregações tradicionais para reunirem em suas casas; em grupos organizados ou não. Muitos defendem que, assim como a igreja do primeiro século se reunia em casas, o local correto da reunião da igreja é, obrigatoriamente, a casa dos irmãos. Afinal, o local onde se reune define a Igreja? Leia mais...

Igreja, o Corpo de Cristo

A estrutura das igrejas locais relatadas no Novo Testamento se assemelha muito mais a uma família do que uma organização religiosa. As reuniões eram...

Jesus e a teologia da prosperidade

Somos filhos do Rei, logo devemos ser prósperos? Quem não é está em pecado? O que diria Jesus sobre a teologia da prosperidade?

Jesus na célula

Foi um encontro inusitado. Jesus estava passeando pelas ruas de Brasília, passou pela rodoviária do Plano, aquela multidão, ninguém o reconheceu. Viu um jovem a passos largos, bíblia embaixo do braço, se aproximou:...

Deus e o diabo

Não existe, nunca existiu e nem existirá uma luta épica entre Deus e o diabo. Satanáz sempre soube...

quinta-feira, 4 de março de 2010

Justiça ou glória?

Jesus era inocente! Seu julgamento foi injusto mesmo para a sua época; condenaram um homem inocente. Isso é fato! No entanto, pela injustiça dos homens foi manifestada a glória de Deus, permitindo que qualquer um, até mesmo eu, chegasse ao santo dos santos para conhecer a Deus de forma real e pessoal.

Muitos homens seguiram os passos de Jesus; foram injustiçados, vítimas de julgamentos comprados e comprometidos, de martírios e perseguições,  alguns perseguidos até pelos "irmãos", considerados motivo de chacota e segregados socialmente. Não tiveram direito a um julgamento justo, nem mesmo a pronunciarem sua defesa. Muitos seguiram os passos do mestre não apenas em suportar a injustiça, mas em manifestar a glória do Justo Juiz.

Deus não está preocupado com justiça que nos dá a razão, mas com a justiça que leva os homens a Sua Glória. E você, o que busca: a justiça da sua razão ou a glória de Deus?