Pular para o conteúdo principal

Se fosse hoje: Lc.18:9-14

Mais um da série: Se fosse hoje!

Sabemos que a bíblia, mesmo sendo um conjunto de livros antigos, tem um conteúdo que permanece por gerações. Histórias contadas a milhares de anos, em uma cultura diferente da nossa podem mudar vidas, pois tratam de verdades universais e eternas. Mas, e se os escritores escrevessem hoje, levando em conta nossa realidade e cultura, como seriam essas histórias?

Aproximadamente 1974 anos atrás Jesus contou essa estória:
"E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano. O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: O Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo. O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: O Deus, tem misericórdia de mim, pecador! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado."

Se fosse hoje seria:

Jesus contou essa estória a algumas pessoas que confiavam em si mesmas, crendo que eram justas e por isso desprezavam as outras: Dois homens foram ao monte orar, um pastor e um travesti. O pastor, estando em pé, orava desta maneira: O Deus, te agradeço porque não sou pecador como os outros homens. Sou chamado para pastorear o rebanho, prego a bíblia, recolho os dízimos e cuido do templo. Entretanto o travesti ajoelhado não se achava digno de levantar os olhos aos céus e dizia: Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador! Jesus então disse que o travesti voltou para sua casa perdoado e justificado pelo Pai, enquanto o pastor voltou com seus pecados, porque aquele que se exalta será humilhado, mas o que se humilha será exaltado.

Comentários

  1. Olá Marcos,

    Meu nome é Paulo Cesar Amaral do blog PC@maral.
    Estava navegando e cheguei até seu blog e já estou seguindo.

    Belo trabalho o seu. Excelente esta abordagem que você deu ao texto, parabéns.

    Aproveito para te convidar a visitar o PC@maral e segui-lo também para sabermos de todas as atualizações.

    http://blogdopcamaral.blogspot.com

    Te aguardo lá e que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Olá Amaral!

    Já to seguindo seu blog. Vi lá que temos bastante coisas em comum, comentei no post de sua história com a Renascer.

    Preciso de chamar de bispo???? kkkkkk

    Grande abraço meu irmão. SOMOS UM!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou? Comente!
Não gostou? Comente também!

As mais lidas dos últimos 30 dias

Pedras ou tijolos?

Quando se constrói uma casa hoje em dia, qual o material básico para levantar as paredes? Certamente são os tijolos. Tijolos são feitos em larga escala, obedecendo uma padronização de tamanho que facilita a construção e a torna mais rápida e eficiente. Imagine se você fosse incumbido de construir uma casa de pedras. Inicialmente deveria procurá-las, pois não são fabricadas. Depois de juntá-las seria necessário estudar onde encaixar cada uma, pois são de tamanhos e formatos diferentes e quando melhor encaixadas menos massa entre elas. Seria penoso carregar pedras grandes, trabalhoso usar as pequenas para tapar frestas; é uma obra realmente demorada!!! Muito mais rápido e prático construir com tijolos, não?

Pedro fala um pouco sobre a edificação da igreja comparando com a construção de uma casa. Fica claro a matéria-prima que o Pai usa em sua construção: pedras vivas. Os grandes empreiteiros da fé, na pressa de construir “suas igrejas” aprenderam que se constrói mais rápido com tijolos, …

Igreja nos lares em Brasília

A vida da Igreja não acontece em reuniões formais. Ela acontece no dia-a-dia quando pessoas se comprometem com Jesus e umas com as outras. São compromissos crescentes muito além de religião, dogmas, cultos, eventos, passeatas e qualquer outra programação, esporádica ou frequente.

Não é necessário local especial, ou eventos especiais, mas apenas pessoas; pessoas com a firme convicção de que Jesus é Senhor e tem como propósito que o guardemos seus mandamentos e amemos uns aos outros.

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele." Jesus, registrado em Jo. 14:21

"Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros." Jesus, registrado em Jo. 13:34-35

Esse é o tipo de vida cristã que buscamos: uma vida normal, simples, …

Igreja nos lares?

Existe um movimento crescente chamado igreja nos lares que vem tomando espaço na mídia, além de preocupar líderes de igrejas tradicionais baseadas em templos religiosos. Esse movimento tem como essência uma tentativa de retorno à prática da igreja do primeiro século onde, segundo afirmam, as reuniões aconteciam nas casas.
É possível perceber um aumento significativo no número de cristãos que se sentem incomodados com o rumo que a igreja institucional tem tomado. Esse incômodo se manifesta de diversas maneiras, desde a desistência da fé até a busca de um grupo "mais verdadeiro", parecido com a igreja primitiva; com infinitas possibilidades entre esses dois extremos. Talvez ai comece um dos problemas da chamada igreja nos lares: a frustação e a falta de perdão. Vou falar sobre isso um pouco mais adiante. Por ora falemos da igreja primitiva e de como ela se reunia:
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegri…