Pular para o conteúdo principal

Aula de botânica e João 15

Fim de ano chegando e muita correria por aqui. Além de meu trabalho apertar bastante estamos com algumas programações que tem me tomado muito tempo. Isso fez com que as atualizações diminuíssem, mas cessar não (ia usar a frase "cessar jamais!!!"que ficaria bem mais forte, mas vai que um dia tenha que cessar.. heheheh)!!!

Dias atrás a Letícia mandou um e-mail para nosso grupo de contatos da congregação. Achei muito legal mesmo a leitura da parábola de Jesus que ela fez. As parábolas fazem um paralelo entre a realidade natural e a realidade eterna. Muitas vezes não entendemos toda a profundidade das parábolas simplesmente por não conhecermos em detalhes as realidades naturais utilizadas. Segue então uma aula de botânica e de crescimento no Senhor:

"Bom... Vou compartilhar algo que fez muito sentido pra mim. Quem sabe edifica mais alguém, né... Vou tentar escrever de maneira que dê pra entender. Vou tentar não explicar errado também xD E... me perdoem se escrever muito :P Quem não quiser ler, não precisa não ^^

Então...

Nesse feriado o cursinho aproveitou pra desatrasar algumas matérias... Aula de manhã e de tarde. Daí numa das aulas de biologia(tiveram 4 horas de aula de biologia Oo) o professor tava falando de botânica. Ele começou a explicar a ação da auxina. A auxina estimula e inibe o crescimento da planta, dependendo da quantidade. Ela fica em quantidade mais concentrada nas "pontas"(meristemas) da planta e, não havendo a poda, ela fica concentrada além do necessário para o crescimento e passa a inibi-lo. Assim a planta, além de não crescer mais, não ramifica tanto, não fica frondosa.

Nessa hora eu comecei a fazer um paralelo com João 15, que Jesus diz que ele é a videira, nós somos os ramos e o Pai e o agricultor que nos poda. A auxina seria algumas coisas que nos fazem crescer por um tempo. Daí, depois daquele tempo, aquelas mesmas coisas, passam a nos impedir de crescer e é hora de deixarmos Deus nos podar. Não sei com vocês, mas comigo, às vezes é difícil de entender quando Deus tira algo que me parecia fazer muito bem. E agora, fez todo o sentido pra mim.

Como se não bastasse isso, quando cheguei em casa e fui reler essa parábola, Deus me fez viajar mais um pouquinho... A planta absorve do solo sais minerais e água e manda pras folhas. Nas folhas, vai ocorrer a fotossíntese, aquela seiva bruta será transformada em seiva elaborada e mandada para toda a planta. E eu parei pra pensar que é assim mesmo... Da videira extraímos o necessário pra viver e dar frutos. Além disso, Deus não nos dá as coisas para guardarmos só pra gente... Ele quer que a gente receba a Luz que Ele nos fornece e faça algo de útil para toda a planta, se não, não adianta nada estarmos lá, só seremos um peso para os outros.

É, pra mim foi um soco na cara! Tava precisando xD

E eu espero que caiam itens sobre isso no vestibular :P uahsuhauh xD

Deus abençoe!

:)" Por Letícia Cortês

Comentários

  1. Muito bom o texto, e concerteza, agente tem q viajar um pouquinho pra entender as coisas de Deus, como a propria biblia fala que A Sabedoria de Deus é loucura para o homem. E sim, isso é loucura ahuahuuhauhauha :P

    Ótimo conhecer esse blog... Muito obrigado pr Marcos por me mostrar, eu não tinha conhecimento dele...

    Enfim, Deus abençoe a todos e até o proximo post :D

    ResponderExcluir
  2. Oiiieee , nossa , muito bom esse texto hem.
    As parabolas são sempre significativas.

    Passei também para agradecer a visita que tu fez lá no meu blog Filha do REI !
    Fico feliz que em algum lugar ele está sendo repercutido. E não só o blog em si, mas a palavra de Deus, que Ele mesmo põe em meu coração.

    Que Deus te abençoe a cada diaa, sempre mais.
    Persevera e verás a glória de Deus.

    Beijoo grande ;*

    ps: já estou te seguindo; se quiser e puder, passe lá no meu e me siga tbm.
    e outra coisa, to te indicando lá na minha lista de blogs.

    ResponderExcluir
  3. Bom saber que pode edificar outros também ^^
    Deus abençoe ^^

    ResponderExcluir
  4. Eu fui um dos edificados com o texto principalmente na parte "aquelas mesmas coisas, passam a nos impedir de crescer e é hora de deixarmos Deus nos podar."

    Incrível isso! Algo que serve para um momento de nossas vidas em outro pode ser impecilho ao crescimento. E não é porque era errado ou pecado, apenas não serve mais... excelente.

    ResponderExcluir
  5. Ela sempre me edifica. >.<

    O mais cabuloso pra mim também foi isso o que o Marcos citou.
    Algumas coisas simplesmente não são pecado, mas nos impede de crescer... =/

    Agora é buscar sempre a sabedoria do Pai e direção do ES pra poder reconhecer o que amamos e nos destrói.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou? Comente!
Não gostou? Comente também!

As mais lidas dos últimos 30 dias

Competição "santa"

O tempo passa rápido! Estou perto dos 40 anos e lembro-me como se fosse ontem quando tinha 20. Com anos passados é normal acumularmos algumas bagagens: conhecimento, experiências, manias, coisa boas e ruins. Na virada deste ano, 2009 para 2010 completarei a "maioridade cristã". Estarei comemorando 18 anos de adoção, 18 anos que o Pai lá do céu me adotou em Cristo. O tempo decorrido não quer dizer muita coisa, afinal crescer no conhecimento de Deus não é natural, demanda relacionamento, renúncia, crucificação do ego e seus desejos. Muitos passam anos no cristianismo, mas continuam sendo governados pelo seu ego e suas vontades, como um bebê, que pensa que o mundo gira em torno de suas necessidades.

Nesses 18 anos de adoção muita coisa em minha vida mudou, principalmente a forma como enxergo o próximo, seja ele da mesma família celestial ou não. Já estive em uma congregação no início de seus trabalhos e a vi crescer assustadoramente, já estive também em grandes congregações em p…

Pedras ou tijolos?

Quando se constrói uma casa hoje em dia, qual o material básico para levantar as paredes? Certamente são os tijolos. Tijolos são feitos em larga escala, obedecendo uma padronização de tamanho que facilita a construção e a torna mais rápida e eficiente. Imagine se você fosse incumbido de construir uma casa de pedras. Inicialmente deveria procurá-las, pois não são fabricadas. Depois de juntá-las seria necessário estudar onde encaixar cada uma, pois são de tamanhos e formatos diferentes e quando melhor encaixadas menos massa entre elas. Seria penoso carregar pedras grandes, trabalhoso usar as pequenas para tapar frestas; é uma obra realmente demorada!!! Muito mais rápido e prático construir com tijolos, não?

Pedro fala um pouco sobre a edificação da igreja comparando com a construção de uma casa. Fica claro a matéria-prima que o Pai usa em sua construção: pedras vivas. Os grandes empreiteiros da fé, na pressa de construir “suas igrejas” aprenderam que se constrói mais rápido com tijolos, …

Igreja nos lares?

Existe um movimento crescente chamado igreja nos lares que vem tomando espaço na mídia, além de preocupar líderes de igrejas tradicionais baseadas em templos religiosos. Esse movimento tem como essência uma tentativa de retorno à prática da igreja do primeiro século onde, segundo afirmam, as reuniões aconteciam nas casas.
É possível perceber um aumento significativo no número de cristãos que se sentem incomodados com o rumo que a igreja institucional tem tomado. Esse incômodo se manifesta de diversas maneiras, desde a desistência da fé até a busca de um grupo "mais verdadeiro", parecido com a igreja primitiva; com infinitas possibilidades entre esses dois extremos. Talvez ai comece um dos problemas da chamada igreja nos lares: a frustação e a falta de perdão. Vou falar sobre isso um pouco mais adiante. Por ora falemos da igreja primitiva e de como ela se reunia:
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegri…